domingo, 20 de março de 2016

As notas de um perfume

As notas de um perfume



Quando sentimos o cheiro daquele perfume que adoramos, nem imaginamos a complexidade por trás de seu desenvolvimento. São diversos ingredientes com funções específicas, para serem percebidos no momento certo. Representação da estrutura de uma fragrância, a pirâmide olfativa apresenta os principais componentes de cada produto, divididos em três partes: notas de topo (ou saída), notas de corpo (ou coração) e notas de fundo (ou base). Aromas mais leves e frescos, que combinam com o verão, costumam partir de notas de saída mais intensas, enquanto os perfumes mais marcantes e densos, ideais para o inverno, têm maior aposta na estrutura de fundo. Entenda como funciona cada um dos três estágios de composição de um perfume.



Notas de cabeça ou saída

É por meio dessas notas que se desperta o interese pela fragrância, pois são sentidas principalmente quando o perfume é aplicado e até os 30 primeiros minutos logo após – por serem as mais voláteis, são as que primeiro evaporam. Normalmente, estão presentes as notas mais frescas e cítricas, como laranja, limão e menta, além de aromáticas como lavanda e eucalipto.


Notas de coração ou de corpo 

Nestas notas está a alma da fragrância, é o que define a personalidade do perfume. São notas mais encorpadas, têm peso intermediário e duram em média até quatro horas. Estão presentes as flores, folhas, especiarias e algumas frutas.



Notas de fundo ou de base 

São chamadas de acorde, têm baixa volatilidade e, juntamente com as notas de corpo, definem a durabilidade do perfume na pele. Quanto maior a presença destas notas, maior esta duração, que pode ultrapassar oito horas. Suas notas são mais densas e compostas de madeiras, resinas, couro, tabaco, e algumas especiarias.